Saber preparar uma boa caipirinha é, para mim, um quesito para confirmar que a pessoa que está atrás do balcão manda mesmo bem no ofício. Fiz abaixo uma lista com cinco endereços onde é possível provar versões impecáveis do coquetel.

ESQUINA DO SOUZA

Famoso pelas caipirinhas criativas, o bartender Deusdete de Souza é comandante do bar que leva o seu sobrenome. Uma das mais de cinquenta versões que ele envia às mesas dos clientes, a de cachaça e tangerina com um toque de pimenta dedo-de-moça é de primeira (R$ 24,00). Rua Coronel Melo de Oliveira, 1066, Perdizes, tel. 2538-1861.

GUARITA

Bartender que preza a coquetelaria nacional, Jean Ponce renovou recentemente a carta de drinques autorais. mas, muitas vezes, as atenções se voltam mesmo é para as caipirinhas, que continuam imutáveis no menu. São apenas duas opções: a tradicional (R$ 22,00) e a de três limões (mesmo preço), feita com taiti, cravo e siciliano. a cachaça branca adotada, com a marca da casa, é produzida no espírito Santo. Rua Simão Álvares, 952, Pinheiros, tel. 3360-3651.

FRANK BAR

No melhor bar de coquetelaria da capital, de acordo com o guia COMER & BEBER 2019/2020, há uma caipirinha muito especial. Feita com cachaça envelhecida em jaqueira, limão-taiti e mel de agave, ela vem enfeitada com perfumadas folhas de limão. Custa R$ 25,00. Rua São Carlos do Pinhal, 424 (Hotel Maksoud Plaza), tel. 3145-8000.

SÃO CRISTÓVÃO

Embora a concorrência com o chope (R$ 9,00, Heineken) seja braba, a caipirinha do boteco de temática futebolística merece ser solicitada. É equilibrada como poucas. Feita com a cachaça goiana Vale do Cedro, de Palestina de Goiás, sai-se muito bem na versão clássica (R$ 20,00) e também na de três limões (R$ 23,00) e na de caju (R$ 23,00). Rua Aspicuelta, 533, Vila Madalena, tel. 3097-9904.

BAR DO JIQUITAIA

A casa, que passou a ocupar to- do o imóvel que compartilhava com o restaurante Jiquitaia, serve as versões de limão-taiti, três limões, caju e caju com limão (R$ 25,00 cada uma), todas impecáveis e preparadas com a caninha da casa. Vez ou outra, surgem opções sazonais, como a feita com coquinho-azedo (foto; R$ 25,00), frutinho típico do cerrado. Rua Antônio Carlos, 268, Consolação, tel. 3262-2366.